sarau do escritório

Posted in poesia performance música comportamento on 06/10/2015 by cepvintemil
Anúncios

cep vinte mil, festa de 25 anos. orgia da palavra.

Posted in poesia performance música comportamento on 29/08/2015 by cepvintemil

CEP CEP CEP, essa taba, essa tribo de pessoas que tornaram a colocar voz no poema, asa na vida.

vídeo do amigo sílvio almeida. saravá!

jukepoem – a caixa de poesia marginal

Posted in poesia performance música comportamento on 12/05/2015 by cepvintemil

juke6

foto: flor brazil

jukepoem

descobri que jukebox tem a ver com jogos de azar. afinal é movida a fichas. e é de domínio da contravenção. só é usada em biroscas e puteiros. o preço de venda é barato, mas vc fica na mão dos caras para a caríssima manutenção e programação da caranguejola. do mimiógrafo à jukebox, continuamos fora da lei.

essa jukebox aí, da peça XXV na porta do sesc, às vezes funciona, às vezes não. a gente colocou umas lampadinhas piscantes verdes. parece uma árvore de natal. essa a última semana da peça. no domingo, acho que vai parar um velho ford preto do tempo dos Intocáveis, sair uns gangsters de dentro e metralhar a juke. o que sobrar a gente joga nesse blog.

cep e outras histórias

Posted in poesia performance música comportamento on 12/05/2015 by cepvintemil

CEP 20.000 E A VIDA À MARGEM DO RIO

João Cabral : “a poesia para muita gente é a explosão de um estado lírico pelo qual todo homem passa e que quando a pessoa é jovem, sente a vontade de extravasar” (3:01).

Michel Melamed: “O CEP pra mim, foi como uma escola mesmo, uma universidade. eu aprendi tudo no CEP. eu aprendi a apresentar um texto, a falar um texto, a fazer uma luz, a produzir um espetáculo, a editar uma revista” (7:22).

**********************************************************************************

No projeto inicial, o Centro de Experimentação Poética – CEP 20.000 – contaria com 3 oficinas: música (noção de tempo), teatro (noção de espaço) e poesia (noção de poesia) de modo a dar mais consistência na apresentação ao vivo das performances. A cada mês haveria uma apresentação dos alunos no Espaço Cultural Sérgio Porto com a participação de artistas convidados. As oficinas seriam na Faculdade da Cidade. Não vingou. Ao que se sabe, o contato na Faculdade saiu naquele período para seguir carreira política. Não sei o nome dessa pessoa. De todo modo, mesmo só com as apresentações mensais, como diz o michel, ensinou a muitos uma série de saberes e fazeres.

*************************************************************************************

O Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro (UniverCidade) foi uma instituição de ensino superior. Sediado na cidade do Rio de Janeiro, foi um centro universitário fundado em 1969 e mantido pela Associação Educacional São Paulo Apóstolo, entidade filantrópica controlada por Ronald Levinsohn. Dispunha de cursos de graduação nas áreas de humanas, exatas e biológicas, e programas de pós-graduação lato sensu. Foi a terceira maior universidade privada do Rio de Janeiro e contava com 35 mil alunos.

Segundo Alberto Dines, o Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro (UniverCidade) foi usado para lavagem de dinheiro, encobrindo a origem ilícita da fortuna do empresário Ronald Levinsohn, ex-controlador da UniverCidade.

Em 13 de janeiro de 2014, devido aos problemas financeiros e à crise de gestão, o Ministério da Educação (Brasil) (MEC) decidiu descredenciar a UniverCidade. (http://pt.wikipedia.org/wiki).

***********************************************************************************

O CEP, mesmo sem apoio financeiro da Prefeitura desde 2014, segue seu caminho, bambu bravo, até hoje, às últimas quintas feiras de cada mês.
Em que escola você matricularia seu filho ?

PS: Um poeta não se faz com versos (Torquato Neto). Ser poeta aos 18, 19 anos é fácil. Continuar poeta aos 64, é uma alegria para poucos.

saudações siderais.

dervixe de creta / minotauro da índia

Posted in poesia performance música comportamento on 05/05/2015 by cepvintemil

xxv cafi

sou um dervixe de creta, um minotauro da índia, um maluco do cep. ali meu centro, minha gira que eu giro em volta, dentro, há 25 anos. ali ao lado da galera infinita, pratico o que a vida me dá e aprendo com cada um e todos. e giro giro junto nessa roda de todos os santos. boralá!

xxv – equipe

Posted in poesia performance música comportamento on 05/05/2015 by cepvintemil

xxv equipe

paola vieira (produção), tábatta martins (luz), pedro rocha (pesquisa), domingos guimaraens (arte), cristina flores (direção), dudu sande (assistente), chacal (autor/ator), miriam struz (assistente), lu espíndola (contra regra), daniela paita (produção).

faltam dimitri br (música), pedro montano (multioperador), carol valanse (arte), junia azevedo e bernardo moura / e.scrita comunicação (imprensa) marcelo pereira / tecnopop (artes gráficas).

xxvbaixa

um griot

Posted in poesia performance música comportamento on 05/05/2015 by cepvintemil

FORmDLdOmiK7gRrkExhttgOD-VWbWsH5z-eJV7_if5Mw392-h260-p-no

sou um griot. canto minha tribo.

eu vi o boato, o saliva voadora, o dignos de vaia, a boa vem de deus, os outros, na esquina, o falapalavra, o 7 novos, o opavivará, o chelpa ferro, o plástico bolha, o jardins portáteis, o madame kaos, o baixo de natal, o ratos diversos, o bebendo beats a um só sus, berrarem: se isso não é poesia, foda-se a poesia ! o que importa é que isso é. eu sou. nós somos.
evoé, camaradas!!! evoé, companheiros!!! evoé, malucos!!!!!!!!!!!!!!

eu sou a minha tribo. canto como um griot.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
XXV, histórias do cep 20.000. espaço sesc, copacabana.
de/ com chacal. direção: cristina flores.
sex sáb 19 hs. dom 18 hs.
até 17 de maio.